Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TAÇA AFS- ALMADA APURADO PARA AS MEIAS FINAIS

Domingo, 22.12.13

O TRIUNFO DO ALMADA NA CHARNECA DE CAPARICA EM JOGO DOS QUARTOS DE FINAL DA TAÇA AFS,GARANTIU Á TURMA DO PRAGAL A PASSAGEM ÀS MEIAS FINAIS

 Num jogo bem disputado e onde o equilibrio foi nota dominante,só nas grandes penalidades ficou conhecido o vencedor com destaque para o guarda redes do Almada, Fábio Carvalho que defendeu duas grandes penalidades.O Charneca de Caparica, única equipa da 2ª Divisão a atingir os quartos de final da prova, saiu de cabeça erguida do campo do Cassapo.

 

No derby concelhio entre o Charneca de Caparica e o Almada, a contar para os quartos-de-final da Taça da A.F.Setúbal, realizado no passado sábado no campo do Cassapo, na Charneca de Caparica, foi muito emotivo com ambas as formações a discutirem taco a taco a presença nas meias-finais. Acabando o Almada por ser a equipa mais feliz na conversão das grandes penalidades, com destaque para, Fábio Carvalho, guarda-redes do Almada, que defendeu duas grandes penalidades.

Nos primeiros quarenta e cinco minutos o jogo foi repartido, com ambas as equipais a proporcionarem um belo espetáculo, e ambas a criarem algumas situações de golo, a mais flagrante foi desperdiçada por Fábio Carvalho aos 17 minutos, a não aproveitar uma defesa incompleta do guarda-redes do Almada e a desviar o esférico para a baliza mas esta caprichosamente passou a rasar o poste esquerdo da baliza do guarda-redes almadense.

Na segunda parte a toda de jogo manteve-se e foi a equipa da casa, num livre convertido por Paulo Bolonha, colocou a equipa da casa em vantagem, um golo em que o guarda-redes do Almada, um tanto adiantado, não conseguiu deter o remate cruzamento de Bolonha que levou o esférico a anichar-se nas redes dos almadenses.

Em vantagem no marcador a equipa da casa procurou segurar a vantagem, apesar de aos 67 minutos Paulo Tavares, apareceu sozinho diante do guarda-redes Palas, conseguiu desviar o esférico do guarda-redes, mas a bola caprichosamente passou a rasar o poste esquerdo. O sinal de perigo estava dado e aos 74 minutos, num lance aparentemente resolvido pelo guarda redes  Palas, o mesmo ao colocar com as mãos o esférico num colega o fez de forma a permitir a Willians roubar a bola e a fazer o golo do empate.

Na parte final do tempo regulamentar Bruno Mareco e Fábio Carvalho negaram o golo aos charnequenses.

As equipas foram para o prolongamento e aos 95 minutos foi mesmo o jovem júnior Rafael Cândido a colocar em perigo a baliza dos almadenses, mas uma vez mais o guarda-redes Fábio a deter o remate do dianteiro da equipa da casa. Na segunda parte do prolongamento o domínio pertenceu ao Almada, com Paulo Gomes a perder o ensejo de colocar a sua equipa em vantagem. Entretanto aos 114 minutos Ricardo Dinis foi expulso, num lance com Pinheiro, com o jogador da equipa da casa a agarrar o seu opositor e com Ricardo Dinis a tentar-se libertar do seu adversário, acabou por o atingir, o árbitro joão Marques em cima do não teve dúvidas e expulsou o jogador almadense enquanto Pinheiro foi adomesticado com a cartolina amarela.Já perto do final do jogo, ou seja aos 116 minutos Dimi a ter nos pés a oportunidade de golo, mas o esférico passou a centímetros do poste da baliza de Fábio.

Na lotaria das grandes penalidades o Almada foi mais feliz, com destaque para o guarda-redes Fábio Carvalho que foi determinante na passagem da sua equipa às meias-finais ao defender duas grandes penalidades e Bruno Pais que na última penalidade decidiu a eliminatória a favor da sua equipa.

O  trabalho da equipa de arbitragem liderado por João Pedro Marques,situou-se ao nível do derby,num jogo bem disputado e em qque os jogadores não complicaraam a atuação do árbitro.

 Partida realizada no passado sábado dia 21, no campo do Cassapo, na Charneca de Caparica.No final 1-1 e 3-4 na conversão de grandes penalidades.

Árbitro- João Pedro Plácido Marques, auxiliado por Carlos Décio, do lado da bancada e por Cláudio Nicolau, do lado do peão. Equipa de arbitragem pertencente ao Núcleo de árbitros de Almada e Seixal.

Charneca de Caparica- Palas; Costa, Davidson, Bruno Santiago e Rafa (cap.); Canário, Edson, Pinheiro e Paulo Bolonha; Fábio Carvalho (Rafael Cândido,70’) (Dimi, 108’) e Joby (Iago Ruben,62’).

Ação disciplinar- cartão amarelo para Costa (35’),Rafa (55’),Rafael Cândido (74’) Paulo Bolonha (80’).

Suplentes não utilizados- Contradança, Bruno Pereira, Pedro Santos e João Neves.

Treinador-Tiago Morais.Treinador adjunto-Pedro Correia. Dirigente- Renato Fernandes

Almada A. C.-Fábio Carvalho; Bruno Pais, Eduardo Chaves, Bruno Mareco e Pedro Henriques; António Tavares (Paulo Gomes,46’),Fábio Mendes (Luís Costa,73’),Ricardo Dinis e João Carmo/Daniel Correia,106’); Paulo Tavares (Sulves Veiga,103’) e Willians

Ação disciplinar- cartão amarelo para, Fábio Mendes (54’),João Carmo (66’) e Daniel Correia (115’). Cartão vermelho para Ricardo Dinis, aos 114 minutos.

Suplentes não utilizados- Nuno Madureira, Carlos Soares e Fábio Nunes.

Treinador-Custódio Galveias.Treinador de guarda redes-Paulo Loureiro.Dirigente-José Carlos e Massagista-Bruno Morgado.

A festa do golo é sempre comemorada, aqui com o nº 2 Paulo Bolonha, autor do golo que colocou a sua equipa em vantagem, vendo-se ainda, Fábio Carvalho,Pinheiro, Edson e Canário

Ao intervalo: 0-0. Final do jogo:1-1; Final do Prolongamento: 1-1. Nas grandes penalidades: 3-4

Golos: 1-0, por Bolonha, aos 52 minutos, na marcação de um livre sensivelmente a meio campo, descaído para o lado esquerdo do ataque da equipa da casa, Paulo Bolonha, na cobrança do livre levou a bola a anichar-se nas redes de Fábio Carvalho, com culpas para Fábio, que decerto estaria à espera de um cruzamento, daí estar um pouco adiantado e a não ter hipóteses de deter o remate do avançado da equipa do Charneca. 1-1, aos 74 minutos por Willians, um deslize do guarda-redes Palas que na posse da bola e ao endossar a mesma para um colega, intrometeu-se o avançado almadense que não perdeu a oportunidade e fez o golo do empate. 

O guarda redes do Almada, Fábio Carvalho, que defendeu duas grandes penalidades e Bruno Pais,que converteu  em golo a quinta penalidade,evitando assim a segunda série e garantiu ao Almada o apuramento para as meias finais da Taça da AFS 

A marcha do marcador na marcação das grandes penalidades:

1ª Grande penalidade

Edson na conversão, com Fábio Carvalho a defender

Luís Costa a fazer 0-1, para o Almada

2ª Penalidade

Pinheiro rematou com o guarda-redes Fábio Carvalho a defender, mas com o fiscal de linha Cláudio Nicolau a dar indicações ao árbitro que o guarda-redes almadense se mexeu antes do remate, na segunda tentativa Pinheiro não perdoou e fez o empate,1-1; Suelves Veiga, faz o 1-2 para o Almada.

3ª Penalidade

Paulo Bolonha, fez o 2-2

Pedro Henriques do Almada rematou por cima da trave

4º Penalidade

Canário, fez o 3-2 para o Charneca de Caparica

Paulo Gomes, fez o empate, 3-3

5ª Penalidade

Iago Ruben, tanto quis enganar o guarda-redes do Almada, que acabou por rematar para as suas mãos.

Bruno Pais chamado a marcar a grande penalidade, não deu hipóteses ao guarda-redes Palas e fez o 3-4 para o Almada.

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DesportoAlmada/Joaquimfcandeias às 21:26