Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TAÇA REGIÔES- SELECÇÃO DE SETÚBAL

Sábado, 04.01.14
REVIRAVOLTA FANTÁSTICA DEIXA A SELECÇÃO DA AF SETÚBAL MAIS PERTO DE LEVANTAR A TAÇA DAS REGIÕES

04-01-2014

SELEÇÕES

REVIRAVOLTA FANTÁSTICA DEIXA A SELECÇÃO

DA AF SETÚBAL MAIS PERTO DE LEVANTAR A TAÇA DAS REGIÕES

Uma segunda parte espectacular valeu esta tarde, no Jamor, à selecção da AF Setúbal, a vitória, por 3-2, frente à equipa distrital de AF Beja, na segunda jornada da Fase Final da taça das Regiões, em futebol sénior. Este domingo, o título decide-se entre Setúbal e Leiria.

A equipa da AF Setúbal, que alinhou de início com o seguinte ‘onze’: Rafael, Bruno Pais, Carlos Soares, Pedro Henriques, Pedro Batista, Ricardo Dinis, Hugo Graça, Tiago Feiteira, Djão, Alexandre Serafim e Carlos Correia,  esteve longe de entrar no jogo na primeira metade. Uma bola ao poste nos instantes iniciais, foi o aviso que os bejenses deixaram para o que mais tarde viriam a conseguir: os golos.

 

De facto, a primeira parte do encontro foi quase sempre dominado pelo adversário, que materializou com dois golos, um de livre directo e outro na sequência de um pontapé de canto, o ascendente na etapa inicial.

 

Com dois golos de desvantagem ao intervalo, as hipóteses da AF Setúbal em manter acesa a discussão pelo título ficavam muito reduzidas. Todavia, a segunda metade do jogo trouxe o acreditar, vontade, emoção e, sobretudo, nada mais nada menos do que três golos para as cores da nossa região.

 

Djão, depois de uma recarga na pequena área, apontou o primeiro. Pedro Henriques assinou o segundo golo, com um remate forte e colocado, e Paulo Tavares, acabado de sair do banco de suplentes, concluiu, com o melhor desfecho possível, um cruzamento rasteiro ao segundo poste, facturando o terceiro e decisivo golo do jogo.

 

Os bejenses ainda atiraram uma segunda bola ao poste da baliza à guarda de Rafael, mas a nossa selecção manteve a preciosa vantagem.

 

Em busca da vitória final

 

Este domingo, a partir das 11 horas, no Campo n. 3 do Jamor, as selecções de Setúbal e Leiria assumem o protagonismo pela vitória final.

 

De facto, após realizadas duas jornadas, as duas equipas são as únicas a somar 4 pontos, enquanto que Braga e Beja, apenas registam um ponto, já sem possibilidade de entrar nas contas do título.

 

Recorde-se que esta manhã, Setúbal e Braga empataram (1-1), com 6-5, nas grandes penalidades, e no Beja- Leiria o resultado foi semelhante (0-0), 5-4, para os leirienses nos penáltis.

 

Refira-se que a marcação das grandes penalidades é uma imposição dos regulamentos da prova e é o 3.º factor de desempate entre as equipas, em caso de igualdade classificativa, depois do maior número de pontos somados e da diferença de golos marcados e sofridos.

 

Desta forma, o jogo deste domingo deixa antever redobradas emoções para o futebol regional. À entrada para a derradeira ronda da Fase Final da Taça das Regiões, o objectivo principal de Leiria e Setúbal é mesmo garantir a vitória no jogo e assim evitar a marcação das grandes penalidades.

 

A selecção da AF Setúbal está a um triunfo de levantar o prestigiado troféu nacional, na mais importante prova de selecções reservada ao futebol sénior não profissional, pelo que estão convocados todos os adeptos do futebol regional para fazerem sentir o apoio à nossa selecção.

 

Calendário de jogos da Fase Final

 

Dia 4 de Janeiro de 2014

10h00 - AF Braga, 1 - AF Setúbal, 1 (5-6, gp) - Estádio Nacional - Campo n.º 1

10h00 - AF Leiria, 0 - AF Beja, 0 (5-4) - Estádio Nacional (Campo Sintético)

15h30 - AF Braga, 0 - AF Leiria, 1  (4-3)- Estádio Nacional - Campo n.º 3

15h30 - AF Setúbal, 3 - AF Beja, 2 (3-4) - Estádio Nacional - Campo Sintético

 

Dia 5 de Janeiro de 2014

11h00 - AF Braga - AF Beja - Estádio Nacional - Campo n.º 1

11h00 - AF Setúbal - AF Leiria - Estádio Nacional - Campo n.º 3

 

Fonte:Noticias AFS

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DesportoAlmada/Joaquimfcandeias às 19:54

HÓQUEI EM PATINS-RECORDAR A HISTÓRIA DO CLUBE LISNAVE QUE FOI EXTINTO EM 2013

Sábado, 04.01.14

O CLUBE LISNAVE FEZ HISTÓRIA NO HÓQUEI EM PATINS, PARA ALÉM DOS VÁRIOS TÍTULOS DISTRITAIS O CLUBE CONSEGUIU ATINGIR A 2ª DIVISÃO NACIONAL

 Esta a equia do Clube Lisnave, que defrontou o Sporting, e que com 13 minutos de jogo já goleava por 5-0. Um jogo com história.

 O hóquei em patins no clube Lisnave foi uma modalidade que alcançou vários títulos distritais, nos escalões mais jovens bem como a nivel de seniores.Aqui publicamos três imagens de uma das equipas de seniores masculino,na altura a militar na 3ª Divisão Nacional e que desenvolvia a sua prática desportiva no Ringue da Mutela, junto ao SAP,em Almada.

As imagens referem-se a uma partida do Campeonato Nacional da 3ª Divisão, realizada no Ringue de Mutela e que acabou por não chegar ao fim.

Os capitães de ambas as equipas aqui a dialogarem com o árbitro,situação que ocorreu três vezes e sabe qual o motivo? Não foi contestar a validação de algum golo!

 

A equipa do Sporting Clube de Portugal que nesse jogo com o Clube Lisnave em 13 minutos de jogo já tinha sofrido 5 golos. Jogo esse que por forte pressão, na altura por parte dos sportinguistas, junto do árbitro, acabou por não terminar, com o árbitro a dar a partida por finda alegando que o piso de jogo estava impraticável para dar continuidade ao jogo, devido à chuva que caiu e que  punha em perigo a integridade fisica dos jogadores.Sabido que por parte da equipa do Lisnave, habituada a atuar nessas condições, o consenso não foi fácil.

 

CLUBE LISNAVE FOI FUNDADO  EM 1970  E EXTINTO EM 2013

O Clube Lisnave foi fundado em 1970 por alguns trabalhadores da Lisnave e suas associadas , a piscina ao ar livre era a sua principal jóia da coroa, mas nem todos a podiam frequentar, estava reservada essencialmente apara os tripulantes  dos navios que ancoravam os Estaleiros Navais da Margueira.

Após o 25 de Abril de 1974 as portas do clube se abriram aos trabalhadores e seus familiares e ao longo dos anos de existência foi sofrendo mutações de tal forma que teve-se que abrir para a comunidade, de tal ordem que tornou-se um clube ecléctico, desenvolvendo várias atividades de formação e de competição, tendo adquirido o estatuto de Utilidade Pública em 1996.

Entre as várias atividades destacamos as classes de formação e manutenção nas modalidades de natação,hidroginástica,musculação/cardiofitness,aikido e capoeira.

Na parte competitiva, associativa e federada, desenvolvia a sua prática desportiva, nas modalidades de Natação,Hóquei em Patins,Basquetebol e Tiro ao Alvo.

Com o declínio e fecho dos Estaleiros da Lisnave, as dificuldades começaram a surgir e as modalidades acabaram por ser suprimidas e a machadada final foi no passado mês de Setembro em que a Natação foi dada por extinta. Uma nota de registo que os/as basquetebolistas que representavam o Clube Lisnave, os seus atletas, técnicos e dirigentes, no intuito de preservar esse grupo de trabalho foram bater a algumas portas de alguns clubes do concelho e o certo é que viram uma porta abrir-se, o Clube Desportivo da Cova da Piedade abriu as portas a essa modalidade e assim esse grupo de atletas e técnicos continuam ligadas à modalidade, mas agora ostentando as cores do Cova da Piedade.

E assim desapareceu um clube no concelho de Almada, clube esse que movimentou milhares de jovens. O desporto associativo ficou mais pobre.

 

E aqui fica com registo para que não se apague a história deste clube.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DesportoAlmada/Joaquimfcandeias às 16:23