Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

AÍ ESTÁ--- http://www.desportoalmada.blogspot.com/

Avatar do autor Joaquim Candeias, 28.02.14

A NOVA JANELA DESPORTIVA,AGORA COM NOVAS FERRAMENTAS INCLUÍDAS NO NOVO BLOG

Este é o logotipo do novo blog que vai substituir o desportoalmada.blog.sapo.pt
Por agora  nos póximos dias as noticias vão sendo publicadas nos dois blogs e gradualmente irei transferir todos os posts aqui colocados no arquivo do novo blog.
http://www.desportoalmada.blogspot.com/
Enquanto viaja pelo blog pode ouvir a WEB RÁDIO    PONTE SUL

ELEIÇÕES- NO CLUBE DESPORTIVO DA COVA DA PIEDADE

Avatar do autor Joaquim Candeias, 26.02.14

SÁBADO DIA 1 DE MARÇO A PARTIR DAS 15 HORAS, NO ESTÁDIO MUNICIPAL"JOSÉ MARTINS VIEIRA", DUAS LISTA - "A"  "B" , VÃO SUBMETER-SE A SUFRÁGIO

 

"O Clube Desportivo da Cova da Piedade é uno e indivisível não permitiremos que se altere a sua historia, pelo contrário continuaremos a pugnar pela sua maior dimensão introduzindo lhe acrescentos de valor, pelos nossos valores".

Extraídos do programa de ação da lista "B" liderada pelo atual presidente, Manuel Branquinho 

  Uma imagem que muitos imaginariam  que um dia pudesse vir a acontecer, momento em que o simbolo do Clube Desportivo da Cova da Piedade foi tansferido para  o novo espaço desportivo que depois de concluído passou a chamar-se Estádio Municipal "José Martins Vieira"

 

 Este sábado dia 1 de Março, entre as 15 horas e as 19 horas, vai decorrer no Estádio Municipal "José Martins Vieira" o ato eleitoral no Clube Desportivo da Cova da Piedade. Ao referido ato vão concorrer duas listas, a lista "A" liderada por José Carvalho e a Lista "B" liderada pelo atual presidente do Cova da Piedade, Manuel Branquinho.

 A lista "B"liderada por Manuel Branquinho fez-nos chegar  os nomes dos candidatos da referia lista, para os Orgãos Sociais para p Biénio 2014/2015, bem como uma nota introdução e o Plano de Ação que aqui publicamos, acompanhadas de algumas fotografias, algumas delas já publicadas no blog.

Candidato

Manuel José Garção Branquinho

Biénio
2014/2015
Introdução

Desde que a Direção em exercício tomou posse no pretérito dia 20 de Abril de dois mil e doze que, de acordo com o seu programa tem vindo a desenvolver as ações a que então se propôs.
É deveras compensador quando se fica com a noção de tudo se ter feito com o intuito do seu desenvolvimento harmonioso, tendo como suporte a realização do que de melhor serviu o Clube Desportivo da Cova da Piedade, seus associados e por consequência do Coletivo.
O atual presidente entende recandidatar se com a intensão de concluir com a sua equipa a tarefa que assente no progresso desportivo, cultural e administrativo, da criação dos meios que venham a permitir todas as ações de concretização das necessárias melhorias oficiais do Estádio, tendo sido o próprio a rubricar o atual Contrato de Gestão entende que deve fazer parte da sua renegociação em Setembro de 2015 por ser conhecedor profundo de todos os assuntos a negociar no documento.
Esta intenção levará a todos os nossos associados a certeza de que dai em diante, tal como ate ao presente, serão sempre e em primeiro lugar assegurados os interesse do Clube Desportivo Cova da Piedade.
Por razões óbvias, relacionadas com o processo eleitoral para as autarquias, pela recente alteração dos estatutos do Clube que vieram introduzir na nossa vida associativa novos métodos de gerência e organização, são fatores que serviram para a não realização de alguns projetos com as entidades competentes.

 

 

 

 

Programa de Ação
Desejava se no anterior programa, por ocasião das eleições para o mandato que agora prematuramente termina por influencia da renovação estatutária, existir a necessidade de continuar com os contatos dando seguimento a projetos em carteira para a definição e criação da obra a realizar em empreendimentos arquitetónicos que originem o desenvolvimento em espaços que se adequem à sua real dimensão.

Dessa necessidade surge a força adequada e pertinente no sentido de podermos resolver algumas de maior importância, já em desenvolvimento pelo Presidente e Câmara Municipal de Almada que, como dona do equipamento, parceira para o desenvolvimento das ações e acérrima. Defensora das nossas revindicações, já admitiu e aprovou recentemente, algumas delas mencionadas no seu programa para serem implementadas de acordo com o referido documento.

Todos os projetos resultantes da utilização do estádio, melhorias para desenvolvimento dos meios no terreno tem sido largamente divulgados pelo Clube e apreciados pelo Município, exigíveis primeiro, porque a infraestrutura é de sua propriedade e depois porque ao abrigo do definido pela clausula 8ª Direito e Deveres- 1 e 2 do Contrato de Gestão, o Clube esta impedido de implementar qualquer que seja a ação das que se pretende venham a ser desenvolvidas, teremos de aguardar pelas oportunidades porque a Câmara de Almada tem nos dado sobejas razões de que é pessoa de bem.

Seria agora muito fácil prometer neste programa muita obra, que iriamos rapidamente executar, ou desenvolver no Estádio ações que ultrapassariam o razoável não permitido pelos documentos rubricados e assinados pelas partes, Câmara Municipal de Almada e Clube desportivo da Cova da Piedade.
Não o faremos nem tão pouco nos alongaremos em matéria de promessas demagogas, prometemos isso sim, como ate aqui muito trabalho e ação com a

certeza que não alijaremos responsabilidades.

Os êxitos alcançados desportivamente a recuperação de todos os meios de locomoção automóvel e de outros melhoramentos e manutenção do Estádio permitiram demonstrar quanto vale a pena desenvolver um trabalho voluntário que se tornou profícuo, resultante também dos associados que acreditaram em nós durante o mandato, dando nos com o seu apoio ânimo para prosseguir.

 

Ao sermos eleitos, continuaremos como até aqui, com as nossas mentes fixas no melhoramento do que já se fez, saberemos encontrar os meios que melhor sirvam os reais interesses do Clube e dos seus utentes não descorando a qualidade do que esta implantado e bem, aguardamos pela participação ativa dos associados e do reforço da sua Mística.
Os que me conhecem, sabem que não sou pessoa de me ausentar dos deveres, mesmo com dificuldades eu e o grupo saberemos interpretar as necessidades e deficiências dando de nós o suficiente para que prossigamos desinteressadamente mas atentos.

O Clube Desportivo da Cova da Piedade é uno e indivisível não permitiremos que se altere a sua historia, pelo contrário continuaremos a pugnar pela sua maior dimensão introduzindo lhe acrescentos de valor, pelos nossos valores.

Sempre tivemos com o Desportivo, chegamos cá desinteressadamente com a responsabilidade bem presente nas nossas mentes. Não aparecemos só no momento dos atos eleitorais, sempre dissemos presente nos bons e nos maus momentos.

Nesta altura da transformação num período muito difícil para o Clube, dizemos novamente presente, somos conhecedores profundos do que nos afeta e de quanto de bom podemos fazer em seu benefício em todos os aspetos, quer desportivos, de união entre os associados e da continuidade na organização transportando dessa forma a necessidade de mantermos acesa a chama que tem iluminado o nosso Clube devido aos êxitos desportivos alcançados, da nossa presença, da garantia que temos da confiança da Câmara Municipal e dos associados, do nosso trabalho mas, principalmente, na seriedade que colocamos nas nossas ações não descorando nunca a necessidade de fazer cada vez melhor em detrimento da necessidade de aparecermos, isso não nos move, mas antes porque o Clube necessita de nós. 

O razoável será entender que no presente contam os associados, dizermos que o Desportivo necessita de gente de trabalho, de gente que, com a sua Crença pugne pelos seus ideais mantendo o seu Nome como expoente aglutinador de pessoas e do trabalho desportivo que tem vindo a desenvolver e necessário cada vez com mais e melhor qualidade.

Votar na continuidade é ter a certeza que o Clube Desportivo da Cova da Piedade tem garantido um Futuro Promissor, a ele nos dedicamos como o temos feito até aqui.

Não se esqueça de votar, em ato tão Importante.
Viva o CDCP

 

Aqui também deixamos a composição da Lista  B liderada por Manuel Branquinho

 

Corpos Gerentes

 

-Mesa da Assembleia Geral

-Presidente Jorge Manuel Ribeiro da Rocha Sócio nº 0415
-Vice-Presidente Manuel Tavares Vasques Sócio nº 0350
-Secretário Domingos Salvador Branco Lucas Sócio nº 0536
Direção
-Presidente Manuel José Garção Branquinho, Sócio nº 0598
-Vice Pres.Adm. António Manuel da Silva Afonso, Sócio nº 0233
-Vice Futebol SeniorAnt. João Pataca Vieira, Sócio nº 0318
-Vice Futebol Juvenil António J.M. Gouveia, Sócio nº 0920
-Tesoureira Maria João G. Pedras Velez, Sócio nº 0747
-Tesoureiro Adj. António A. Marques Roque, Sócio nº 0427
-Secretário José Manuel Correia de Matos, Sócio nº 0881

-Diretor José António Botas Beja, Sócio nº 0491
-Diretor António Reinaldo Farinha Henriques, Sócio nº 0210
-Diretor Rafael Filipe Casadinho Correia, Sócio nº 0840
-Diretor Manuel Maria Ludovino, Sócio.º 1111
-Diretor António dos Santos Morais Pimentel, Sócio nº 0963
-Diretor José Antunes Garcia, Sócio nº 0970
-Diretor Manuel Josué Custódio Cruz, Sócio nº 0742
-Diretor Mário Silva, Sócio nº 1090
-Diretor José Augusto Pataca Vieira, Sócio nº 0407
-Diretor Jorge Manuel F. Xavier Natário, Sócio nº 1566
-Diretor Jacinto Manuel Ribeiro Serol, Sócio nº 0739
-Diretor Francisco Batista Rosa, Sócio nº 0589
-Diretor Francisco Augusto Magro Destapado, Sócio nº 0439
-Diretor Jorge Manuel Costa Alves, Sócio nº 1624
-Diretor Luís Manuel Vieira Lopes, Sócio nº 0677
-Diretor Hugo Alexandre Cadete Xavier, Sócio nº 1310
-Diretor André Filipe Dias, Sócio nº 1576
-Diretor Osvaldo Rui Anjos Santana, Sócio nº 1391
-Diretor Armando José Vilar Guilhoto Lopes, Sócio nº 1591
-Diretor Hugo Alexandre Gomes Falcão, Sócio nº 1583
-Diretor Vítor Miguel Marcelino da Cruz, Sócio nº 1582 
Conselho Fiscal
-Presidente José Júlio Monteiro Gomes, Sócio nº 0081
-Vice-Presidente Luís Carlos Quaresma Pinheiro, Sócio nº 0643
-Secretário João Paulo Campelos S. Moita, Sócio nº 1572
-Relator de Contas Manuel Pinto Rocha, Sócio nº 0054
-Relator Contencioso Adelino João Sousa Teixeira, Sócio nº 0254

 

 

 

Futsal- 1ªDIVISÃO GINÁSIO CLUBE DO SUL,0- REAL CLUBE VALE CAVALA,2

Avatar do autor Joaquim Candeias, 25.02.14

VITÓRIAS NA RONDA INAUGURAL DO CAMPEONATO DISTRITAL, PARA O REAL VALE CAVALA, ÁGUIAS UNIDAS E SANTA MARTA 

 

A festa do golo por parte dos jogadores do Real Vale Cavala

Realizou-se no passado sábado a primeira jornada do Distrital de Futsal Masculinos  da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal, no qual participam seis clubes. Na Cova da Piedade o Ginásio Clube do Sul, recebeu no seu Pavilhão, o Real Clube Vale Cavala(finalista da Taça AFS, cuja prova foi ganha pelo Bairro do Laranjal) e na sua estreia no distrital a turma ginásista, perdeu por 0-2, ante a formação da Charneca de Caparica.

Por sua vez o Águias Unidas venceu no seu reduto a formação do Cotovia, já em Alcácer do Sal, o vencedor da Taça da AFS, o Bairro do Laranjal foi derrotado pela equipa  Santa Marta do Pinhal, num jogo bastante emotivo do princípio ao fim, nem sempre bem jogado e onde a turma de Santa Marta, acabou por ser mais feliz na parte final da da partida, acabando por vencer,3-4.

A  2ª jornada tem lugar a 8 de Marco e engloba os seguintes jogos: G.D.R.Bairro Laranjal G.D.R. Águias Unidas;  Real Clube Vale Cavala-Santa Marta do Pinhal e  Associação C.D. da Cotovia

RESULTADOS

Águias Unidas 2-0 ACD Cotovia
Ginásio do Sul 0-2Vale Cavala
Laranjal 3-4 CA Santa Marta do Pinhal 
Classificação

   PJVEDGMGSDG
1 Vale Cavala31100202
2 Águias Unidas31100202
3 CA Santa Marta do Pinhal31100431
4 Laranjal0100134-1
5 Ginásio do Sul0100102-2
6 ACD Cotovia0100102-2

 

 

1 DIVIS\AO DISTRITAL MONTE DE CAPARICA, 3 / SANTIAGO DO CACEM,2

Avatar do autor Joaquim Candeias, 25.02.14

Segunda parte coroada com a reviravolta no resultado

 

MONTE DE CAPARICA, CEDO COMEÇOU A PERDER, MAS COM UMA EXCELENTE 2ª PARTE CONSEGUIU DAR A VOLTA AO MARCADOR E AMEALHAR OS TRÊS PONTOS

O campo “Rocha Lobo”, no Monte de Caparica foi palco do jogo da 16ª jornada do distrital da 1ª Divisão da A.F.Setúbal, que opôs as equipas do Monte de Caparica e a União de Santiago do Cacém.

 

A equipa visitante cedo se colocou em vantagem, vantagem essa que se manteve até aos 36 minutos, já que João Pereira, um dos jogadores mais em destaque na equipa restabeleceu o empate, resultado com que se atingiu os 45 minutos.

Na segunda parte a equipa da casa apesar de atuar contra o vento, chegou à vantagem através de Fábio Albasini, golo esse que galvanizou a equipa

que exerceu um maior domino e á passagem do minuto 52, novamente João Pereira (Jota) a marcar e  dar uma confortável vantagem sobre a turma que viajou de Santiago do Cacém.   E quando se esperava mais um golo da equipa da casa , foi a equipa de Santiago que à passagem do minuto 63, reduziu por Tito. Até final da partida ambas as equipas desperdiçaram algumas oportunidades de golo, com a turma de santigao já perto do final da partida a desperdiçar soberana oportunidade de chegar ao empate.

 

Truinfo justo da equipa comanda pelo técnico José Meireles, apesar da excelente réplica da equipa liderada pelo técnico João Direito.

 Nota positiva para o trabalho do árbitro João Rego Marques e seus auxiliares, tanto no capitulo técnico como disciplinar.

AMBOS OS TÉCNICOS DE ACORDO COM O RESULTADO FINAL

 

 

Jose Meireles

"A nossa segunda parte foi muito forte"

José Meireles-“ O resultado é justo, tivemos a infelicidade de sofrer logo no primeiro minuto, isso de estar em desvantagem logo de entrada não quebrou o ânimo dos meus jogadores que souberam responder bem e conseguiram perto do intervalo chegar ao empate. Na segunda

parte,apesar de jogarmos contra o vento, entramos bem no jogo e passamos para a frente do marcador, isso motivou ainda mais a nossa equipa que entrou muito forte graças ao nosso pendor atacante, conseguimos dilatar a vantagem e isso deu-nos alguma tranquilidade”.

Um triunfo que foi discutido até ao fim?

“Sim, não foi fácil, mas a nossa segunda parte, fomos mais determinada e soubemos gerir a vantagem, sem esquecer o valor da equipa adversária que nos criou muitas dificuldades”

Quebrada uma série de jogos menos positivos no campo “Rocha Lobo”, quais os objetivos da equipa?

“Realmente claudicamos em certos jogos em casa, com 4 empates, hoje ao vencermos ultrapassamos o nosso adversário, a equipa está bem e motivada para fazer a melhor classificação possível, ainda faltam 14 jornadas e muitos pontos estão em jogo, por isso continuo a acreditar nestes jogadores para alcançar uma posição que dignifique o clube”.

 Joao Direito

Falhada a luta pelos lugares cimeiros, resta/nos comecar a trabalhar com vista a proxima epoca

 

 

Para o técnico, João Direito, da União de Santiago –“ Na primeira parte fomos felizes ao marcar no minuto inicial e isso deu alguma serenidade à equipa, num jogo repartido, mas na parte final da primeira parte, consentimos o empate. Na segunda parte a equipa do Monte de Caparica


entrou muito forte no jogo consegui passar para a frente e passado pouco tempo dilatou a vantagem, estar a perder por 3-1, nove minutos
 

depois do intervalo pesou na minha equipa, passado o primeiro quarto de hora a equipa conseguiu equilibrar a partida e conseguimos chegar aos 3-2 e já na parte final tivemos uma oportunidade de chegar ao empate, não conseguimos concretizar e assim saímos daqui, com uma derrota. O triunfo do Monte de Caparica, não sofre contestação”.

Com esta derrota a equipa foi ultrapassada pelo Monte de Caparica e está assim definitivamente afastada dos primeiros lugares. E agora quais os objetivos do clube?

“ Realmente assim, é, estamos afastados de qualquer sonho, resta-nos continuar a trabalhar para dignificar as camisolas do clube e a trabalhar já para a próxima época, para podermos entrar na corrida pelo título distrital”

 

 Partida realizada no Campo “Rocha Lobo” no Monte de Caparica, domingo dia 23. Sob  a arbitragem de João Rego Marques que teve como árbitros auxiliares Rui Nunes e Micael Rechena, equipa pertencente ao Núcleo de árbitros de Almada e Seixal. Ao intervalo>1/1.

 

As equipas alinharam:

 Monte de Caparica Atlético Clube: Rui Algarvio; Sérgio Monteiro, Fábio Albasini,António Lourenço e Hélder Tavares; Austrelino Alves, João Pereira (cap.) (Pedro Martins, aos 75’),Mauro Andrade e Rafael Pires (André Pereira, aos 75’);Lino Pereira (André Pereira, aos 68’) e Luís Oliveira.

 Jogadores não utilizados:Neno,Mauro Andrade e Ruben Braga.

 Treinador: José Meireles; Treinador Adjunto: Frederico Torego;Treinador de guarda-redes: Carlos Agre; Massagista: Porfírio e Delegado-Lage

 União Sport de Santiago do Cacém: Paulo Freitas; Fábio Mateus,Cadu,Paulo Silva e Carlos Ferreira (André Oliveira, aos 88’);Tito, Vítor Reis (cap.),Ruan e Daniel Direito; Hélder Gomes e Cuca.

 Jogadores não utilizados:Pedro,Daniel Sobral, Ruben Cunha e João Romeiro.

 Treinador: João Direito. Delegado: Vítor: Massagista-Bejinha

 Golos:0-1, por Hélder Gomes, no minuto inicial; 1-1, por João Pereira, aos 37 minutos; 2.1,por Fábio Albasini, aos 47 minutos; 3-1, por João Pereira, aos 52 minutos e 3-2, por Tito, aos 63 minutos.

 

Na fase final da partida a turma de santiago desfrutou de soberana oportunidade de chegar ao empate, mas o guarda redes Rui Algarvio, esteve muito bem entre os postes.
A equipa do Monte de Caparica com esta vitória ultrapassou a turma de Santiago do Cacém e colou-se ao Grandolense, tal como o União Banheirense, todos na quinta posição com 26 pontos. Já a turma de Santiago desceu para a oitava posição. O líder do campeonato é o Fabril do Barreiro com 40 pontos, seguida pelo Alcochetense, com 36, o Amora com 34 e Almada na quarta posição com 31 pontos.

 

 

 

CHARNECA DE CAPARICA FUTEBOL CLUBE ESTÁ A VIVER UM MOMENTO ÌMPAR

Avatar do autor Joaquim Candeias, 24.02.14

"O Charneca de Caparica Futebol Clube está em estado de graça, a fazer uma época historica, 15 meses após a colocação do relvado sintetico"

Palavras emocionadas do presidente da direção, José Manuel Santos

 

Ao voltar a colocar aqui esta imagem(aquando da inauguração do piso sintético) direi também imagem histórica para a  coletividade e para o concelho de Almada.O presidente José Manuel Santos, no uso da palavra perante o poder autarca.

  O blog desportoalmada, perante o momento que a coletividade está a viver, não só com o apuramento da equipa de seniores para a fase final para apuramento do campeões, bem como a  subida da equipa de juniores ao escalão principal e a um passo de conquistar o titulo da 2ª divisão, com os juvenis na luta pelo titulo, os infantis a liderarem a sua série, enfim uma prestação desportiva notável e para isso tem contribuído todo o elenco diretivo, jogadores e treinadores e todos os seus colaboradores.Por a coletividade da Charneca estar a passar um momento histórico.

 

Daí nada melhor que recolher o depoimento de José Manuel Santos, presidente do clube, que começou por nos dizer!. 

 

" O Charneca de Caparica Futebol Clube está em estado de graça, a fazer uma época histórica, 15 meses após a colocação do relvado sintético,e eis os resultados á vista, a subida de divisão dos Juniores é um facto consumado, esperamos subir com mais algumas equipas, mas não estamos obsecados por tal, temos tempo ainda somos novos, e estamos tranquilos para continuar o nosso trabalho sério e honesto e com muita humildade, é isso que nos faz diferentes

Os exitos são obtidos através de muito trabalho e competencia, é nesse sentido que trabalhamos, queremos marcar forte presença na formação de jovens da Freguesia e do Concelho, manter a Direcção e Coordenação fortes onde cada um desempenha o seu papel, e reconhecendo o trabalho de cada um, são o segredo do exito.

È evidente que cometemos erros com os quais vamos aprendendo e tentar que não se repitam no futuro, mas temos humildade e sabemos reconhece-los".

 Neste momento histórico para o Charneca de Caparica Futebol CLube, naturalmente que existe dentro de si uma revolta contra aqueles que muito criticaram a direção  e a si principalmente.O que nos tem a dizer?

 

"Nunca tinha divulgado isto, é agora a altura propícia, quando da eleição desta Direcção, recebi varias mensagens através das redes sociais dirigidas á minha Direcção onde muitos comentavam que nós nunca iriamos ter sintetico, e que nunca iriamos sair da lama, pois foram essas pessoas que nos motivaram a lutar mais e melhor, provavelmente decepcionamos alguém…calamos muitas críticas destrutivas"

 O certo é que o presidente seguiu o seu caminho como presidente do clube, e sempre com uma determinação, bem como a sua direção na busca do tão almejado relvado sintético?

"Vou relembrar um discurso que fiz quando fui eleito, (se conseguirmos o famigerado sintetico não tenho duvida alguma que o CCFC dará o salto e poderá ser a curto espaço de tempo um dos melhores clubes formadores do Concelho) foi o que eu disse em 2009 é o caminho que estamos a seguir.

Não é facil esta tarefa o associativismo tira muito tempo á familia, mas quando aceitamos temos de cumprir e dar o nosso melhor, o melhor é servir o clube, e não servir-se do clube".

 

Para terminar  disse:-"Lanço um apelo aos sócios e simpatizantes do CCFC, o clube atravessa uma fase historica e isso trás-nos responsabilidade acrescida, é necessario mobilizar a massa associativa, juntos seremos mais fortes, o CCFC é de todos, onde todos fazem falta e têm o seu papel importante na estrutura do clube….VIVA O CHARNECA".

 

 Um duo de dirigentes que merece o respeito de todos. Parabéns continuem a trabalhar em prol do clube como o tem feito até aqui, cada vez mais as responsabilidades são maiores, mas o espirito combativo que tem demonstrado, merece um APLAUSO

 

Não há dúvidas  que  o Charneca de Caparica Futebol Clube, com a implantação do relvado sintético, ganhou outra dimensão a nivel do concelho e do distrito, muitos são os jovens do concelho que acorrem ao Campo do Cassapo para se inscreverem nas escolas de formação do clube e o depoimento de Joé Manuel Santos, traduz o sentimento de satisfação de todos os charnequense

 

 

 

Pág. 1/9