Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

Futebol 1ª DIVISÃO DISTRITAL- COVA DA PIEDADE,1.GRANDOLENSE,1

Joaquim Candeias, 02.12.12

COVA DA PIEDADE,1- GRANDOLENSE,1

TRIUNFO FUGIU AOS PIEDENSES A UM MINUTO DO FIM  

TIAGO, AUTOR DO GOLO DOS PIEDENSES

Partida realizada no Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade. Ao intervalo:0-0. Árbitro- Ricardo Figueiredo que foi auxiliado por Miguel Martins, lado da bancada e por Carlos Hipólito, lado do peão.

As equipas alinharam:

Cova da Piedade- Madureira; Pedro Henriques,Gaspar,Tiago Meira (cap.) e Carlos Carvalho; Serginho (Jessy,aos 85 minutos), Milton (Filipe, aos 75 minutos) França,Travassos;Willians (Rui Pereira, aos 60 minutos) e Catota.

Treinador- Sérgio Boris

Ação disciplinar: cartão amarelo para França,Milton,Willians e Travassos.

O Grandolense- Rui; Marco,Roger,Sandro e Steve;Chiquinho,Fábio Mendes (Paulo Santos, aos 68 minutos),e Bruno e Karadas (cap.); Chaves e Fábio Mendes (Borges, aos 21 minutos).

Treinador- António Gomes.

Ação disciplinar: cartão amarelo para Marco. Cartão vermelho para Sandro, aos 30 minutos e já em periodos de descontos o árbitro expulsou do banco mais um jogador da turma vistante.

Na primeira parte o equilíbrio foi a nota evidente nesta partida entre piedenses e grandolense, daí o nulo ao intervalo aceitar-se.

Na segunda parte a equipa do Cova da Piedade, apareceu mais determinada e aos 50 minutos de jogo colocou-se em vantagem. Tiago Meira na conversão de um canto fê-lo magistralmente levando o esférico a anichar-se no fundo das redes de Rui.

Em vantagem no marcador a turma piedense criou mais situações de perigo, com Filipe, Catota e Tiago Meira a desperdiçarem ocasiões de dilatarem a vantagem, mas a inoperância acabou por custar caro aos piedense.Já que a equipa visitante apesar de estar em desvantagem numérica, devido á expulsão de Sandro, ainda no decorrer da primeira parte, não se deu por vencida e também teve uma excelente oportunidade de golo, a que Madureira se opôs, o certo é que o golo do empate, chegou aos 89 minutos num excelente remate de cabeça de Karadas, após a marcação de um livre, junto á linha lateral.

O resultado final acaba por ser um castigo para os piedenses e um prémio para os homens de Grândola, que ainda nos descontos finais reclamaram uma grande penalidade, num lance em que um seu jogador caiu na área após um contato com um defensor piedense. O árbitro muito perto do lance nada assinalou, lance que a nós também deixou algumas dúvidas.

O trabalho do trio de arbitragem, não ficou isento de alguns erros,no lance que procedeu o livre que originou o golo do empate e que os piedenses protestaram,o árbitro Ricardo Figueiredo esteve bem, já no lance ocorrido na área  piedense, nos segundos finais da partida, com os jogadores de Grândola a reclamarem grande penalidade,deixou-nos algumas dúvidas, mas o certo que o árbitro a poucos metros do lance, mandou jogar.

 

Os depoimentos dos Técnicos:

Sérgio Boris

Quem não marca sofre e foi o que aconteceu”

Sobre a partida o técnico piedense, Sérgio Boris disse-nos:  “Foi um jogo em que uma vez mais, voltamos a falhar na finalização e  quem não marca sofre, foi o que voltou a acontecer connosco, tivemos ensejo de dilatar a vantagem no marcador e não o conseguimos e assim acabamos por nos colocar em situação de sofrimento” O técnico piedense  realçou o empenho dos seus jogadores, a qualidade de  jogo, mas: ” Continuamos pouco eficazes no capítulo da finalização, pois temos demonstrado valor, o qual acaba por vezes por não ser concretizado em vitórias”.

Sobre o próximo jogo, como o Palmelense,o treinador piedense adiantou-nos que: “vamos encarar com temos encarado os outros jogos: ”simplesmente há que continuar a trabalhar para podermos alcançar melhores indicie de finalização”.

António Gomes:

“Apesar de termos atuado com menos um jogador, poderíamos sair daqui com uma vitória”

O técnico do Grandolense, António Gomes, no final da partida, realçou o empate conquistado pela sua equipa tendo-nos dito: “ Na primeira parte o jogo foi equilibrado e apesar de termos jogados os últimos 15 minutos da primeira parte com menos um jogador, conseguimos equilibrar a partida. Na segunda parte apesar de termos sofrido o golo nos minutos inicias, soubemos reagir e apesar da inferioridade numérica, conseguimos chegar ao empate e quem sabe ao triunfo, mas faltou coragem ao árbitro para assinalar a grande penalidade, já nos minutos finais do período de descontos”   

Sobre a partida do próximo domingo em Grândola, com o Almada, o técnico António Gomes, reconhece o valor da equipa do Almada, mas: “ Só perdemos ainda uma vez neste campeonato, temos seis empates, alguns consentidos nos minutos finais, não fosse isso estaríamos nos lugares cimeiros, porque esta equipa tem valor e no domingo vamos tentar manter o nível exibicional que temos mantido, retificar alguns erros, apesar de ficarmos hoje com menos dois jogadores, tudo iremos fazer para vencer o Almada, sabendo já que o Almada e os Pescadores, perderam os seus jogos, isso vai dar mais emoção ao campeonato”.

 

Na imagem Milton,jogador do Cova da Piedade, a receber assistência, ele que ainda reentrou em campo, mas que aos 75 minutos acabou por ter que abandonar o recinto de jogo.