Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

FPF -Plano de reestruturação para o terceiro escalão,abre acesso à III Liga - Oriental Dragon no campeonato de Portugal

Avatar do autor Joaquim Candeias, 07.05.20

ORIENTAL DRAGON FC DO  DISTRITAL PARA O CAMPEONATO DE PORTUGAL,O MÉRITO DESPORTIVO DE UMA EQUIPA QUE LIDERAVA O CAMPEONATO DA 1ª DIVISÃO DISTRITAL DA ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SETÚBAL

IMG_6754.jpg Oriental Dragon.jpg

A formação do Oriental Dagron que na época 2018/2019, foi finalista vencido da Taça "AFS" Joaquim Sousa Marques, ao perder como CD Cova da Piedade. E que na presente época 2019/2020, conquistou com todo o mérito o acesso ao Campeonato de Portugal, época 2020/2021. Foto de Arquivo.

 

A Federação Portuguesa de Futebol, aprovou na passada quarta feira um amplo plano de emergência e reestruturação do terceiro escalão do futebol sénior masculino, resultado da reflexão dos últimos seis meses com as associações e demais sócios da FPF: O plano tem os seguntes principais objetivos.

Assegurar o maior número possivel de projetos equilibrados;Aumentar a competividade;Melhorar a qualidade de jogo;Aproximar os adeptos do futebol local e criar espaços de desenvolvimento para o jovem jogador português na transição dos sub-19 para os seniores e garantir um formato adequado ao que se prevê venha a ser a próxima época, no quadro da pandemia COVID-19.

A FPF decidiu criar em 2021/2022 uma nova prova, designada para já «III LIGA»,que servirá de acesso à LigaPro.

Na época 2020/2021, competirão no Campeonato de Portugal as seguintes 96 equipas: duas vindas da Liga Pro, neste caso o Clube Desportivo Cova da Piedade- Futebol, Sad e o Casa Pia Atlético Clube(equipas despromovidas da II LigaPro), mais as 70 equipas que permanecem(neste caso equipas  do Distrito de Setúbal : Amora Futebol Clube -Sad, Grupo Desportivo Fabril, Grupo Desportivo Pinhalnovense e Clube Olímpico do Montijo,Futebol-Sad) e 20 equipas que ascendem das competições regionais, e que na altura da suspensão das provas, ocupavam as lideranças nos respetivos distritais, [entre elas a  formação do Oriental Dragon, da Associação de Futebol de Setúbal, líder  da prova, com 11 pontos de avanço sobre o segundo classificado que era ocupado pelo F.C.Barreirense], e 4 novas equipas B.

Quadro 1.PNG

Assim o Campeonato de Portugal para a época de 2020/2021, não vai ser disputado por quatro séries, como até aqui era  disputada, mas por  oito séries de 12 equipas cada.Apurando-se o primeiro classificado, de cada série,para  disputarem entre si o acesso à  2ª Liga .Os clubes classificados do 2º  ao  5º de cada série apuram-se para acesso à 3ª Liga. Já as últimas 4 equipas de cada série, descem aos distritais.

QUADRO 2.PNG

O acesso à 2ª Liga vai ser disputado por 8 equipas[os vencedores das séries]  divididas por duas séries, e o vencedor de cada série sobe à 2ª Liga. No acesso à 3ª Liga participam 32 clubes, divididos por 8 séries de quatro clubes e os 1ºs e 2ºs classificados de cada série acedem à 3ª Liga.

Nas três épocas seguintes, a «III Liga» e o Campeonato de Portugal verão o número de clubes reduzir-se até 76.

Quadro 3.PNG

Na época  2021/2022 a 3ª Liga, com apenas 24 equipas e o Campeonato de Portugal, com 60 equipas.

Na época 2022/23 a 3ª Liga, com 24 equipas e Campeonato de Portugal, com 56 equipas.

Na época 2023/2024 a 3ª Liga com 20 equipas e o Campeonato de Portugal, com 56 equipas.

A FPF acordou com o Sindicato dos Jogadores que os profissionais destas competições terão como valor de remuneração base o salário mínimo nacional.

Além desta medida, a taxa de jogo sofrerá uma redução significativa e haverá ajustes no valor de inscrição de jogadores.

Definidos os moldes em que decorrerão as competições nacionais não profissionais de futebol na época 2020/21 e 2021/22, a FPF continuará agora a estudar os formatos e calendários das provas de futsal nas próximas temporadas.

Fonte:FPF