Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

DESPORTO ALMADA

Informação Desportiva ,Crónicas, Reportagens,Entrevistas, Resultados Envie as noticias do seu clube para o e-mail joaquim.reporter@gmail.com

Futebol - Jovem angolano diz que os clubes e a Federação Angolana de Futebol, não estão capacitados de criar uma Liga Profissional

Avatar do autor Joaquim Candeias, 25.06.20

93769441_2610318502584379_4101733440292913152_n.jp

O jovem angolano Roma Borges, que no passado mês de Março, completou  17 anos de idade e que  no final de maio viu partir de maneira precoce o  seu pai. Nasceu a 21 de Março de 2003, nas mediações da Vila da Mata(Cazenga Luanda), de família humilde, é um jovem batalhador e que no seio da família, tem alguns jogadores de basquetebol, estudante de informática, e um apaixonado pelo desporto em geral.quanto ao seu futuro, acredita que poderá passar por ser um grande "olheiro"  no futebol angolano, ou mesmo da Federação Angolana de Futebol, pois no seu entender tem uma visão tentadora em ver jogadores talentosos e afirma que no futebol  jovem angolano, existe várias atletas que podem dar muito à seleção principal de Angola.

 

Apesar das distâncias temos acompanhado, via internet este jovem, na divulgação dos jogadores  angolanos, no seu site a  Futebolista Angolano Na Diáspora F.A.F, na página do Facebook. Hoje aqui vamos dar a conhecer o jovem Roma Borges António Kimbamba .

- Fala-me  da tua infância?

 

-" A minha juventude foi cheia de miséria, ainda me lembro no tempo da minha infância eu e os meus amigos da turma Rara , saímos do Bairro Papa Simão, a pé até  há praia de Cuacuaco, para desfrutarmos  da praia e regressávamos também a pé. Depois vivi algum tempo no Bairro Sonefi ,na casa da minha mãe Margarida (...) eu não pensaria em futebol. Mas a vida é mesmo assim, hoje estou aqui, e já penso no meu futuro, ser um grande "olheiro, ou detector de talentos, de uma equipa do futebol angolano ou mesmo da Federação Angolana De Futebol FAF eu tenho uma visão tentadora em ver jogadores talentosos, neste caso posso afirmar que nós podemos ter sim várias estrelas,  caso do jovem maestro, Zine Salvador, Domingo Andrade, Show Joshua da Silva na minha visão,estes atletas podem dar muito na seleção principal de Angola ":

 

 

O teu gosto pelo futebol vem de criança?

 

-"Não, a minha paixão pelo futebol começou em 2017 por intermédio do jovem luso-angolano Rafael Leão que fez a sua formação em Alcochete, na Academia de Futebol do Sporting Clube de Portugal, daí comecei a gostar muito de futebol não só pelo Rafael Leão, mas também por jogadores angolanos de renome que actuam na diáspora, por isso me levou a   criar o site: Futebolista Angolano Na Diáspora F.A.F .,onde venho a divulgar o futebol angolano e  fazer as minhas publicações

 

-  Como está o futebol angolano?

- " O futebol angolano está péssimo, numa percentagem de 0  a 100%, queda-se por 28%, o nosso futebol não é completo porque nos falta mais qualidade em termos de organização e formação. Falta mais competência, em caso de transferência de alguns jogadores, que são bem formados e que sabem praticar  bom futebol, digo isso porque as nossas escolas de futebol privam os jogadores desejados por grandes clubes da Europa. Alguns dizem que estamos numa nova era do futebol angolano mais estamos sempre na mesma maneira".

 

-  Fala-se que os dirigentes angolanos, estão a estudar a hipótese de criar uma Liga, comungas da mesma opinião?

 

- " Sim isso é verdade, mas na minha humilde opinião os clubes angolanos e a Federação Angolana de Futebol, não estão capacitados de criar uma liga, porque falta investimentos por parte dos clubes angolanos.  Não vamos criar uma liga para jogar em um só estádio de futebol que é o (11 de Novembro). Eu também sou da mesma opinião do ex- presidente da F.A.F. , Armando Machado, quando diz " para Angola criar uma liga só vai ser possível daqui  a 4 ou 5 anos". Porque o futebol angolano tipo na "Política", onde os presidentes dos clubes do Girabola, parecem que governam a FAF.(?).

 
 
- Qual a tua ambição profissional, para além do apego que tens, pelo site: Futebolista Angolano Na Diáspora F.A.F.?
 
-"É pá, desde já tenho a dizer que o que  faço, na Diáspora, é por  amor ao futebol  angolano e  ter a humildade acima de tudo. De momento não estou a pensar em nenhuma ambição porque eu vivo a vida por etapa etapa, mas quanto ao futuro
 
 
 
 
-  Segundo sei, os adeptos angolanos, não se cansam de criticar  a saída dos jogadores angolanos para Portugal,onde por vezes poderiam ingressar noutros campeonatos, de outros países. O que nos tens a dizer?
 
 
- "Na  minha humilde opinião o campeonato angolano denominado Girabola está entre os  50 e os  60,  melhores campeonato do Mundo, 7 º melhor campeonato de África ,entre o 2 º e 3 º melhor campeonato da África Austral  e terceiro melhor campeonato da CPLP,  e o melhor campeonato dos PALOP. Já o campeonato de Portugal denominado "Liga NOS"; está entre 5 º e o 6 º melhor campeonato do Mundo ; 5 ° melhor campeonato da Europa e melhor campeonato da CPLP.
Os Jogadores angolanos,que actuam no campeonato angolano,têm uma chance de 90% de saírem de Angola para jogarem num clube em Portugal, de qualquer divisão, e têm 9% de chance de jogarem em outros campeonatos como o do Chipre, Gibraltar, França, Egipto, Tunísia, Rússia e Suíça, e têm 1% de chance de jogarem em campeonatos do TOP 4, dependendo das propostas e das oportunidades".
 
 
- Como tu bem dizes, 90% dos jogadores optam por jogar em Portugal,o facto de falar a mesma língua, torna mais fácil o atleta optar por vir jogar para Portugal.O que tens a acrescentar?
 
 
-" Isto funciona da seguinte forma, os angolanos têm  90% de chance de jogarem em Portugal, porque o nosso campeonato"Girabola" é emitido lá(Portugal) no canal de Desporto com maior audiência em Portugal "Bola TV" então torna-lhes mais fácil fazerem o scouting de um jogador, em que estejam interessados, e como nós sabemos as condições de trabalho cá em Angola, são precárias e os salários são  baixos, por isso é que o jogador angolano prefere seguir a carreira em Portugal, ao invés de continuar em Angola".
 
- O porquê de os jogadores angolanos terem, 9% de chances em outros campeonatos fora do Top 4 das melhores ligas?
 
-"Direi o seguinte, os melhores campeonatos da Europa ou bem dizer os campeonatos do TOP 4 do Mundo são, La Liga, Premier League, Série A Italina; a Bundesliga.. o único caso de um jogador que saiu do campeonato Angolano para a 1 ª Liga Inglesa (Premier League ) foi o Manuncho Gonçalves que saiu do Petro de Luanda para o Manchester United, até hoje nunca mais houve uma saída do campeonato Gira-Bola, para um campeonato do TOP 4. Para os Jogadores Angolanos jogarem nos campeonatos do TOP 4 têm que se deslocar para um outro campeonato fora do TOP 4, por exemplo na Rússia, Portugal, França, Bélgica e Holanda, como foi o caso de Bastos Quissanga para chegar até a Itália, teve que sair do Petro de Luanda para o Rostov FC da Rússia só depois é que foi transferido para a AS Lázio de Itália".
 
 - O papel do agente desportivo, tem muito a haver com a colocação de um atleta, noutro clube, ou passa também pelo papel preponderarante do presidente do clube?
 
-" Para o jogador angolano transferir-se para um campeonato grande sem antes passar por Portugal tem a haver com o perfil  do agente desportivo, têm que ter conhecimentos fundamentais sobre o futebol e ser inteligente no que faz, há que saber estudar as propostas destes campeonatos e não exigir muito,muitos dos nossos jogadores angolanos, não vão para os campeonatos do TOP 4 por causa dos dirigentes dos clubes angolanos, que são muito exigentes, às vezes nós temos que deixar as quantias monetárias de lado e pensar mais no bem do atleta, agir mais por amor a pátria, não é deixar sair a custo zero, não ,isso não pode acontecer nós temos é que saber negociar e saber entender os nossos jovens jogadores. Eu entendo a vossa frustração de não quererem que os nossos atletas vão para terras lusas, mas isso é impossível, é lá onde há mais oportunidades de eles brilharem, embora uns não conseguem - se, adaptar".
 
 
-  Qual a tua melhor lembrança no mundo do Futebol?
 
- " Uma das minhas melhor lembranças foi o golo do Zine Salvador no mundial do Brasil, me fez lembrar o golo do Flávio Armado no mundial da Alemanha em 2006. Direi que a seleção de sub-17
tem  muitos jovens talentosos, e aproveito para  agradecer o excelente trabalho que técnico português Pedro Gonçalves,tem vindo a realizar, agora posso dizer que no futuro podemos ter uma grande selecção A . Posso também dizer que o percurso destes jovens de 2019 ,fizeram felizes os adeptos angolanos".
 
«No meu ponto de vista, o mister Pedro Gonçalves, já fez história com a seleção Sub-17, agora devemos esperar com tempo e  trabalho que a nossa seleção principal de Angola, alcançe os seus objetivos, porque, ele é um excelente treinador»

81573807_2681013625311034_5145340773016797184_n.jp

O mister Pedro Gonçalves, com os jogadores de Sub 17 de Angola, após  a vitória histórica na Taça COSAFA.

 

- No entanto gostaria que falasses da carreira do Pedro Gonçalves e da importância que ele tem tido no desenvolvimento do futebol jovem angolano?

-" Falar do Mister Pedro, antes eu devo agradecer o Clube Militar por ter trazido um grande técnico. O Mister Pedro Gonçalves fez um grande trabalho no Desenvolvimento no futebol jovem em Angola ,de lembrar que levou a seleção Sub-17 ao  Mundial do Brasil, tendo passado a fase de grupo da competição, agora o Mister Pedro Gonçalves está no comando técnico da seleção principal de Angola eu acredito, que  com está equipa técnica podemos ir ao Mundial do Qatar em 2022. Devemos trabalhar em prol desse objectivo, passo a passo para chegar lá.

O Mister Pedro Gonçalves está no bom caminho depois do grande trabalho que fez com a seleção jovem, o que levou vários  adeptos a perderam noites, durante o Mundial do Brasil ,face ao Fuso-Horário, os jogos em Angola eram transmitido nas madrugadas, mas mesmo os adeptos estavam sempre esperando os Jogos e logo na sua estreia no Mundial do Brasil, a nossa seleção alcançou um importante triunfo,com um golo, esse concretizado por Zine Salvador, a passe do jovem Domingos  Andrade, ainda me lembro como se fosse hoje. No meu ponto de vista ele já fez História com a seleção Sub-17 agora devemos esperar, com o tempo e trabalho, que ele Pedro Gonçalves, agora a orientar a seleção principal de Angola ,alcance êxitos, porquê ele de facto é bom treinador".

 

Uma mensagem final que querias dirigir aos jovens angolanos:

"Nós adeptos angolanos,consideramos os sub -17 como uma promessa do futebol angolano, pelo grande trabalho que eles fizeram em 2019 no  Mundial do Brasil, por isso nós jovens angolanos revemo-nos, neles".

 

 

------------------------------------------------------------------------------------------ 

"DA FORMAÇÃO À SELEÇÃO “A”.

 

[Trabalho desenvolvido pelo Técnico Pedro Gonçalves conjuntamente com a sua Equipa Técnica, ao serviço das camadas jovens angolanas, nomeadamente U -17, U -20 e U -23 já produz efeito na Seleção Nacional "A”. Pelos Palanquinhas (Sub-17), realizou um percurso histórico desde a vitória na Taça COSAFA até os Oitavos de Final do Mundial no Brasil, passando pelo 2 º Lugar no CAN. No comando dos Sub-20 Angolanos, também demonstrou aquilo que era um trabalho estruturado e consistente, conduzindo a equipa ao 3º Lugar na Taça COSAFA. Mais recentemente, o líder dos Palancas Negras garantiu também a Pré-Qualificação para o Mundial no Qatar 2022.]

[Texto]: da Federação Angolana de Futebol

-----------------------------------------------------------------------------------------

 

FUTEBOL FEMININO - Sofia Nunes, Atleta do Almada Atlético Clube, "Nunca é tarde para dar vida aos nossos Sonhos e Paixões".

Avatar do autor Joaquim Candeias, 15.04.20

IMG_9363.JPG

 Sofia Nunes,apesar de jogar como avançada, ela é uma polivalente,nesta equipa almadense.

O Almada Atlético Clube,numa aposta clara no futebol feminino, abriu as suas portas ao mesmo,e apesar de algumas dificuldades, de inicio, em preencher o plantel, a equipa, participou no Campeonato Nacional da 2 ª Divisão -Série "G",na presente época 2019/2020,1 ª fase,onde alcançou a última posição,tendo na última jornada perdido em casa por,1-2 com a formação AD Pasteis Bola.

 

Por meio ainda realizou uma eliminatória da Taça de Portugal,sendo eliminada, pela equipa do Paio Pires Futebol Clube, equipa que tal como o Amora Futebol Clube,ascenderam à fase final do respetivo nacional,que também acabou por ser suspenso e dado por concluído devido ao estado de emergência.

 

A formação almadense  que estava a participar na Taça Associação de Futebol de Setúbal,tendo no seu último jogo, levado por vencida, por 1 - 0 a turma do Futebol Clube Barreirense, e desde 8 de março,não mais voltou aos relvados, face ao estado de emergência relacionado com o Covid-19.

 

 

"Desporto Almada" entrevistou Sofia Nunes, para falar de si  da equipa e dos seus objetivos,uma entrevista agradável e onde a atleta almadense, nos conta a sua experiência de abraçar o futebol federado,pela primeira vez, apesar dos seus 32 anos de idade,realça que nunca é tarde para dar vida aos nossos Sonhos e Paixões".

 

"Vejo-me como uma pessoa lutadora, que não desiste mesmo quando as situações se colocam difíceis(...)"

IMG_9416.JPG

Na imagem  Sofia Nunes, após cometer falta sobre uma atleta adversária

- Quem é Sofia Nunes?

-" Sou a Sofia, tenho 32 anos nasci na ilha de Porto Santo, Madeira e o Futebol é a minha Paixão.Vejo-me como uma pessoa lutadora, que não desiste mesmo quando as situações se colocam difíceis e que luta para atingir os seus objectivos tanto a nível pessoal, profissional e desportivo. E acredito que o tempo, o esforço, o compromisso e a garra que colocamos nos nossos objectivos e a que nos propomos serão sempre recompensados. E nunca é tarde para dar vida aos nossos Sonhos e Paixões".

 

 

- Fale me do seu curriculum desportivo.

-" Este foi o meu primeiro ano como jogadora federada, já tinha praticado não futebol 11, mas futsal durante alguns anos no âmbito do desporto escolar na Escola Secundária Cacilhas-Tejo. No futebol 11 foi sem dúvida a primeira vez, apesar de já ser uma paixão antiga mas nunca tinha surgido a oportunidade, por motivos escolares e depois profissionais".

IMG_9351.JPG

Fase de perigo na baliza do Almada,com destaque para a guarda redes almadense que viria a defender uma grande penalidade, e assim a garantir o triunfo sobre a turma do Barreirense.

 

" A paixão falou mais alto e aqui estou hoje a representar o Almada Atlético Clube".

 

- Com apareceu o convite do Almada?

- " A oportunidade de vir para o Almada Atlético Clube, nasce de uma partilha via Facebook de uma amiga que me enviou a publicação dos treinos de captação, numa forma de brincadeira e depois daí aquele “bichinho” falou mais alto e vim fazer uns treinos e o Mister Rui Lourenço fez-me o convite para integrar a primeira equipa de Futebol Feminino do AAC ao qual ainda ponderei, mas a paixão falou mais alto e aqui estou hoje".

"Ao longo dos meses fomos nos tornando mais que uma Equipa uma Família(..)"

IMG_9283.JPG

A equipa inicial do Almada Atlético Clube que defrontou o  Futebol Clube Barreirense,em 8 de Março. Por sinal o último jogo da época.

 

- Uma analise  à carreira da equipa?

- " O ano zero da equipa feminina teve vários altos e baixos, todas viemos de situações desportivas de diversos níveis e com experiências diferentes, algumas foi sem dúvida a primeira vez. Mas ao longo dos meses fomos nos tornando mais que uma Equipa uma Família, a união, a força e a determinação de todas ao longo destes meses, fez com que todas fossemos evoluindo individualmente e colectivamente e é sem dúvida muito positivo e gratificante".

IMG_9383.JPG

A festa do golo apontado por  Ana Furtado,que garantiu o triunfo sobre o Barreirense, em jogo a contar para a Taça AFS.

- Nem sempre os resultados foram positivos,mas o certo é que a equipa evoluiu muito com o decorrer dos jogos. É da mesma opinião?

 

-" É verdade que se olharmos os resultados nem sempre reflectiram o nosso esforço em campo, mas isso não nos fez parar nem desistir. Somos umas guerreiras e assim continuaremos a lutar e a vestir com muito orgulho a camisola do Almada Atlético Clube na próxima época".

 

 

- Em relação a apoios quer destacar algum em especial? 

 

-" É de louvar que sem a excelente equipa técnica coordenada pelo Mister Rui Lourenço e o esforço do nosso patrocinador Orangetangent, que ao longo da época deram o seu melhor para nos proporcionar todas as condições. Na próxima época teremos novos desafios e o AAC vai mais uma vez apostar e teremos o arranque de uma equipa de sub-15, pois o futuro está na formação de novas jogadoras e elevar o Almada ao mais alto nível das competições nacionais".

 

 

"Como sonho pessoal,contribuir para o Almada atingir uma final da Taça e subir à 1ª Liga(...)e vestir a camisola do Clube Sport Marítimo...)"

IMG_9281.JPG

Antes do inicio  do jogo, o ambiente entre as almadenses era bem visivel

- Quais as suas ambições desportivas?

 

-"Todas temos sonhos e ambições, a nível pessoal a principal ambição é poder ajudar/contribuir para a equipa do AAC chegar a final da Taça de Portugal e poder subir à primeira divisão é uma grande desafio, mas a vida sem desafios não tem sabor. Como sonho pessoal, poder vestir a camisola do Clube Sport Marítimo e sem dúvida que vestir a camisola da Seleção Portuguesa seria uma honra. É um sonho não impossível, pois a vida é feita de improbalidades e não de impossibilidades e é nisso que gosto de acreditar e lutar, e é para isso que trabalho todos os dias, para fazer melhor e contribuir cada vez mais para a melhoria da nossa equipa do AAC e este sim é o Foco".

IMG_9274.JPG

- Com as provas desportivas paradas, devido ao Covid-19 Como vê toda essa situação?

 

- "Com a paragem do campeonato motivada pela situação actual do mundo, devido ao Covid-19 deixou-nos a todas um pouco “tristes”, pois estávamos num excelente momento físico e mental da equipa e com os novos reforços, começamos a transpor e a ver o nosso trabalho e esforço recompensado em resultados, mas todas temos consciência das nossas capacidades e juntas e cada uma a trabalhar em casa voltaremos ainda com mais força no arranque da próxima época. Esta foi apenas uma pausa que nos obrigou a parar mas a nossa Paixão é muito maior".

 

- Qual a posição que mais gosta de atuar?

-"Em jogo a posição em que me sinto mais confortável é como avançada, mas se for necessário ter de ajudar e fazer outra posição o esforço e empenho será o mesmo, o objectivo é ajudar a equipa e alcançar a vitória.

 

- Na equipa qual ou quais as atletas que gostaria de destacar?

- " Espero que ninguém me leve a mal, porque todas as jogadoras são fundamentais para o sucesso colectivo. Mas há jogadoras que marcam a diferença em campo e na interajuda e experiência que tem e é de ressalvar a dupla de centrais fantástica que temos, Gilda Rodrigues e Eunice Camacho; no meio campo a Mariana Malta, Ana Furtado e a Sara Alibhai (que teve uma evolução extraordinária), médio alas a Margarida Santos e Vany Rocha, a Guarda-redes Ana Cardoso que foi excepcional na entrega em cada jogo, e sem dúvida, que o papel da capitã Tânia Horta foi muito importante na gestão e organização do balneário.

Mas no fundo sozinhas nenhuma de nós consegue ganhar jogos, só a união a interajuda de todas permitiu que jogo a jogo tivéssemos evoluído e conquistado as merecidas vitórias".

IMG_9334.JPG

Sofia Nunes, a sua arma é a rapidez com que se desmarca, não dando hipoteses às suas adversárias

- Uma mensagem final para as jovens futebolistas?

 

- " Por fim, gostava de deixar uma mensagem a todas as mulheres/raparigas, vocês que tem um SONHO uma PAIXÃO, não desistam a idade é apenas um numero, pois o que nos destaca é a motivação, o empenho, a determinação e o compromisso para connosco e para com a camisola que vestimos a cada domingo ao pisarmos o relvado. Por isso, se tens um sonho aposta nele".

FUTSAL - Eu sou um apaixonado pelo treino e pela planificação. Assim se define João Domingues,técnico do CR Piedense

Avatar do autor Joaquim Candeias, 04.02.20

IMG_9033.JPG

De pé o técnico João Domingues,sentado e a seu lado Nuno Marques, responsável pelo Futsal Sénior do Clube Recreativo Piedense.

O futsal sénior piedense, está em destaque, com a formação do Clube Recreativo Piedense, a concluir a 1ª volta do Campeonato Distrital da Associação de Futebol de Setúbal, na liderança, seguida de perto pela turma do Vitória Futebol Clube, para além também de ter garantida a presença nos quartos de final da Taça AFS, onde vai medir forças com o Cd Cova da Piedade, após ter eliminado a turma do Amondin - Adn.

 

No comando técnico da turma do Clube Recreativo Piedense, está o  técnico João Domingues, que pela primeira vez assume o comando de uma equipa de seniores, ele que durante 16 anos esteve sempre ligado á formação, passando por todos os escalões etários na modalidade, em váris clubes, como o CDr.Fogueteiro, Ufc "Os Pastilhas", GFA Encosta do Sol, CCD Paivas e CASMP-Santa Marta do Pinhal.

 

Desporto Almada,falou com o técnico João Domingues, após  o jogo com o Amondin-Adn, para a Taça AFS, tendo agenda esta entrevista para que nos falasse da carreira da equipa, no campeonato distrital, cuja liderança pertence aos piedenses, ao fim da 1ª volta do respetivo campeonato.

 

- Sobre o momento actual da equipa Sénior de Futsal do Clube Recreativo  Piedense, começou por nos dizer:

- É importante referir que esta época existiram alterações profundas no plantel,no  qual ficaram apenas 4 atletas, da época transacta e que chegou uma equipa técnica nova,no clube e em idade, método de trabalho e modelo jogo completamente diferentes. Factores que somados resultaram numa natural desconfiança alheia. Finda a primeira volta e os oitavos final da taça, não poderíamos estar mais satisfeitos, pois ninguém nesta altura da época pensava ser possível este registo.Naturalmente que a dimensão do clube na modalidade, a sua representação e histórica no distrito e também a nível nacional, entronca as suas exigências, com os resultados actuais".

 

Liderando toda a primeira volta o respetivo campeonato,pergunto-lhe. Até onde vai a ambição deste grupo de trabalho?

-"A ambição deste grupo é trabalhar forte durante a semana, procurar ser competente e competitivo ao fim de semana. No inicio da época não sabia como ia começar e agora não faço ideia como vai acabar, temos equipas muito competitivas, de muita qualidade e que também elas perderam pouquíssimos pontos. Da minha parte reconheço-lhes muita capacidade".

 

- Como surgiu oconvite para treinar a equipa de seniores do CRP, quando o sue curriculo estava apenas ligado aos escalões de formação?

-" O convite surgiu pelo nosso director Nuno Marques, que foi muito claro no projecto que pretende, mas o que me fez realmente aceitar foi a forma inequívoca como mostrou a vontade em que eu colaborasse com o clube.Sem dúvida aos olhos de todos, uma aposta de risco, pois a minha carreira de treinador resume-me a 16 anos ligados aos escalões de formação. Comecei em 2003 no escalão de Benjamins e percorri desde então todos os escalões até chegar esta época a uma equipa sénior".

 

- Como se define com técnico?

-"Eu sou um apaixonado pelo treino e pela planificação, que procura fazer o melhor na condição que tem. O meu trabalho não se resume somente ao trabalho de campo, mas sim a todos os aspectos e detalhes que envolvam o rendimento do atleta. Como digo milhentas vezes “Mais que fazer bem, é querer fazer bem”.

 

O ser jovem, não o incomoda estar á frente de uma equipa de seniores?

-"Não me assusta.Encaro com naturalidade,são oportunidades e depois ou corre bem ou não,o certo é que estou empenhado neste projecto, bem como  estão os atletas".

 

Esta a entrevista possivel, ao jovem técnico, João Domingues, desejando ao mesmo os maiores sucessos desportivos e pessoais.

 

Realizou-se no passado sábado dia 1 de Fevereira a 14ª jornada do Campeonato Distrital de Futsal, primeira da 2ª volta com a equipa do CR Piedense, na sua deslocação ao reduto do FC.Beira Mar,  a vencer por 2 - 7 e assim a manter a liderança no campeonato.